ABCMais
O Portal do Grande ABC

Publicidade

São Bernardo sanciona mais uma lei para bem-estar animal

12
Nova regra permite a entrada de animais em praças e parques públicos, desde que controlados por equipamentos de contenção

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, sancionou neste domingo (24/09) a lei n° 6.590, que permite a entrada de animais de estimação em praças e parques públicos, desde que estejam portando equipamentos de contenção, como coleira, guia curta de condução e focinheira. A lei, estabelecida a partir de um projeto do vereador e presidente da Câmara, Pery Cartola, também estabelece a necessidade de um condutor com idade, força e condições físicas para controlar o animal de grande porte.

A medida foi ratificada durante a realização do 2º Pets Day de São Bernardo, no estacionamento do Shopping Metrópole, na região central da cidade. Idealizado pelo shopping em parceria com a Prefeitura, o evento uniu feira de adoção de animais do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), além de espaço para compra de produtos pet e tenda de vacinação gratuita contra raiva.

“São Bernardo deu mais um passo no caminho do respeito e sensibilidade no trato com os animais. Será um grande prazer ver as praças de São Bernardo como espaço de lazer não somente para pessoas, mas também para os amigos de quatro patas. O poder público não pode ficar alheio à esta causa animal, que é justa e necessária, e por isso estamos atentos às demandas que buscam valorizar nossos bichinhos”, destacou o prefeito Orlando Morando, durante ato de sanção.

Esta não é a primeira lei sancionada em 2017 que beneficia animais e donos de pets. Em abril, o governo municipal já havia aprovado o projeto de lei de autoria de Pery Cartola, que estabelece critérios de cuidado, higiene e segurança para posse de animais domésticos. O projeto validado pelo Executivo altera lei municipal que trata do Código de Posturas da cidade, acrescentando artigo que atende demanda antiga de movimentos ligados à causa animal.

“Nesses nove meses de mandatos temos recebido um grande incentivo e atenção do prefeito nas questões que envolvem o bem-estar animal, mostrando que esta gestão tem de fato uma grande sensibilidade e respeito por nossos amigos de quatro patas”, disse Pery, cuja atuação no legislativo sempre foi engajada com a causa animal. Na ocasião, o presidente da Câmara também lembrou que, em agosto, período em que foi realizada a campanha de vacinação contra a raiva pelo CCZ, mais de 50 mil animais foram imunizados na cidade.

Castrações – Além da sanção da nova lei, o prefeito também anunciou a retomada das castrações de animais, via Prefeitura, a partir de outubro. De acordo com o chefe do Executivo, entre as novidades do serviço será a redução do valor cobrado pela operação.

Comentários